FRAUDE MERCEDES DIESEL

Mercedes-Benz está sob investigação por supostamente instalar “dispositivos de derrota” de emissões ilegais em centenas de milhares de seus carros e vans a diesel, usados para enganar testes de emissões de poluentes e limites impostos por lei. 

PGMBM está agindo em nome de indivíduos que foram enganados quanto aos níveis de poluentes que seus veículos estavam emitindo. 

Acreditamos que os clientes afetados devem ser compensados pelas irregularidades da Mercedes-Benz.

CASO FIAT CHRYSLER DIESEL 

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) está sob investigação por supostamente instalar dispositivos ilegais de eliminação de emissões em centenas de milhares de seus veículos a diesel fabricados entre 2008 e 2020. Em um caso semelhante nos Estados Unidos, a FCA já pagou milhões de dólares a seus clientes.  

Em julho de 2020, autoridades na Alemanha, Itália e Suíça que investigam fraudes de emissões e o uso de dispositivos manipuladores invadiram os escritórios da Fiat Chrysler e da CNH Industrial (a controladora da Iveco).

O PGMBM acredita que a FCA deliberadamente enganou seus clientes sobre o nível real de emissões produzidas por seus veículos e que eles podem ter direito a até £ 10.000 (dez mil libras) por veículo afetado. 

 

FRAUDE NISSAN E RENAULT DIESEL

Atualmente, os fabricantes de veículos Nissan e Renault estão sendo investigados por supostamente instalar dispositivos ilegais manipuladores de emissões em mais de um milhão de carros e vans. 

Os dispositivos manipuladores, usados para enganar as verificações dos regulamentos de emissões, são projetados para detectar quando um carro está sob um procedimento de teste e, portanto, para limitar a quantidade de emissões produzida, quando na realidade, os níveis de emissões seriam muito maiores.

VOLKSWAGEN “DIESELGATE”

Este é um litígio importante para todos os cidadãos do Reino Unido, uma vez que coloca os direitos do povo contra uma empresa gigante, que fraudou o regime de testes de emissões da União Europeia, e fez com que mais de 1 milhão de pessoas comprassem veículos que, de outra forma, nunca teriam comprado. 

O processo oferece a oportunidade de responsabilizar a Volkswagen também pelos imensos danos causados ao meio ambiente por sua fraude.

PGMBM (a trading name of Excello Law Limited) – SRA License Number 512898

Excello Law is authorised and regulated by the Solicitors Regulation Authority and complies with the Solicitors Code of Conduct, a copy of which can be located here.

Badge